• 2 de dezembro de 2021
  • Nova Roma do Sul

Mochileiro gaúcho morre em acidente no final de sua jornada de 36 mil quilômetros

O mochileiro Tiago Escarcell Boher, de 31 anos, morreu nesta sexta-feira, 19, na Santa Casa de Campo Grande (MS). Natural de Pelotas, ele viajou 36 mil quilômetros de motocicleta pelo Brasil, e no fim de sua jornada sofreu um acidente em Paraíso das Águas (MS), na terça-feira, 16. Ele teve a perna amputada, mas nesta sexta teve uma parada cardiorrespiratória e morreu às 7h55min. A namorada dele, de 19 anos, está internada em estado grave no mesmo hospital.

A jovem sofreu múltiplas fraturas pelo corpo e está em observação no Centro de Tratamento Intensivo (CTI), consciente e estável. A mãe chegou à cidade para acompanhar a filha.

O casal estava na etapa final da realização de um sonho: viajar por todos os estados do país em uma motocicleta. Após oito meses e 13 dias na estradas, Tiago e Jennifer iriam concluir o mochilão pelo Brasil em Mato Grosso do Sul.

Como foi o acidente
Segundo o boletim de ocorrência, um motociclista de 63 anos, que estava em uma motocicleta de luxo, tentou ultrapassar um caminhão em local proibido e bateu de frente na moto do casal de mochileiros. Com a batida, Tiago e Jennifer foram arremessados para a margem da rodovia. O motociclista que causou o acidente foi atingido por uma carreta e morreu no local.

Facebook Comentarios

Artigos relacionados