• 20 de outubro de 2021
  • Nova Roma do Sul

Eliminatórias da Copa: mesmo jogando mal, Brasil vence Chile

O Brasil derrotou o Chile por 1 a 0, na noite de quinta-feira (2) no estádio Monumental de Santiago, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 (Catar). Com a vitória, a seleção brasileira manteve a folga na liderança e os 100% de aproveitamento na competição. Graças à não liberação de alguns clubes europeus, jogadores como o goleiro Weverton e os atacantes Vinícius Jr. e Gabriel Barbosa garantiram vaga no time titular. Porém, com exceção do goleiro do Palmeiras, a chance foi pouco aproveitada.

A equipe comandada pelo técnico Tite não fez um bom jogo. Nos primeiros minutos do confronto, a equipe até deu a impressão de que dominaria as ações na base do toque de bola, mas ficou apenas na intenção. Não demorou para o Chile igualar as ações. Com o passar do tempo, os donos da casa passaram a pressionar o Brasil, a manter mais a bola e a dar trabalho à defesa brasileira.Ao selecionado verde e amarelo restaram os contra-ataques. E foi assim que teve uma ótima oportunidade de abrir o placar ainda no primeiro tempo, mas a chance foi para o espaço, junto com a bola chutada por um irreconhecível Neymar. Em aparente má forma física, o camisa 10 brasileiro errava quase tudo que tentava e, junto com a individualidade excessiva de Lucas Paquetá, boas oportunidades do time de Tite não deram em nada.

Everton Ribeiro entrou no segundo tempo e, se não foi brilhante, fez o gol da vitória ao aproveitar rebote dado pelo goleiro adversário após chute de Neymar. A vantagem brasileira esfriou o ímpeto da equipe da casa, que não conseguiu controlar mais o jogo. A partida ficou franca, com mais espaços para atacar de ambos os lados. No entanto, os times cansaram, as chances claras de gol rarearam e o futebol deu lugar a discussões e bate-bocas entre os times até o apito final.

Com o resultado, o Brasil chega a 21 pontos em sete jogos e fica um pouco mais perto da Copa do Mundo de 2022 (Catar). Já o Chile estaciona nos seis pontos, na sétima colocação, fora da zona de classificação. O próximo compromisso da seleção brasileira é contra a Argentina, em partida atrasada da sexta rodada, no próximo domingo (5), às 16h (horário de Brasília), em São Paulo.

Facebook Comentarios

Artigos relacionados