• 27 de outubro de 2021
  • Nova Roma do Sul

Complexos da Portos RS movimentam 7% mais de cargas em sete meses na comparação com igual período de 2020

Ao divulgar os resultados dos primeiros sete meses do ano, a Superintendência dos Portos do Rio Grande do Sul (Portos RS) registra números importantes para os terminais públicos do Estado. O porto do Rio Grande teve o terceiro melhor mês dos últimos anos enquanto o de Pelotas dobrou as movimentações em relação ao mesmo período do ano passado.

O desempenho ainda contempla o porto de Porto Alegre e a movimentação privada do complexo do Superporto do Rio Grande. No período entre janeiro e julho, os complexos movimentaram 26.735.005 toneladas, aumento de 7,18% em relação ao mesmo período do ano passado e de 13,05% em relação aos sete meses de 2019.

O complexo portuário do Superporto do Rio Grande, que envolve o Porto Público, os cinco terminais particulares arrendados, dois estaleiros e quatro terminais de uso privado de empresas foi responsável pela maior parte deste montante: foram 25.285.651 toneladas no período de janeiro a julho, aumento de 6,01% na comparação com o mesmo intervalo de 2020.

A movimentação de julho se caracterizou como a terceira melhor da história do complexo do Superporto, com 4.475.949 toneladas movimentadas. O total verificado ficou próximo ao do mês de abril, com 4.479.712 toneladas, e de maio com 4.549.639 toneladas.

Com relação às movimentações no Superporto, os destaques de maior aumento percentual de cargas ficaram por conta das cargas de madeira, que aumentaram suas movimentações em 319,99%, seguido pela ureia (76,62%), farelo de soja (28,48%), trigo (17,24%) e celulose (11,73%).

O porto de Pelotas registrou aumento de 100,50% nas movimentações realizadas no mês de julho em relação ao mesmo período do ano passado. Por conta disso, maio pode ser considerado o terceiro melhor mês do ano em cargas transportadas. As duas principais mercadorias do porto pelotense, toras de madeira e clínquer (composto para fabricação de cimento), aumentaram suas cargas em relação ao ano passado.

O porto da capital foi o responsável pela movimentação de 449.609 toneladas de fertilizantes, que junto a cevada, trigo, sal e outros alcançaram 616.743 toneladas no período de sete meses de 2021. Em relação ao ano passado, o total de cargas movimentadas no cais porto-alegrense registrou aumento de 24,32%.

Texto: Ascom Portos RS

Facebook Comentarios

Artigos relacionados