• 26 de outubro de 2021
  • Nova Roma do Sul

Câmara de Deputados reprova PEC do voto impresso

Os deputados federais reprovaram, na noite desta terça-feira (10), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 135/2019 do voto impresso na Câmara. O texto, analisado pelos parlamentares, recebeu 218 votos contrários. Outros 229 se manifestaram favoravelmente.

O texto, no entanto, teria que ter 308 votos para ser aprovado e, em seguida, ser encaminhado ao Senado. A proposta já tinha sido derrubada na comissão especial, e era esperado que o texto não passasse no plenário. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), conduziu a votação com certa pressa e o clima já pesava contra o relatório do bolsonarista Filipe Barros (PSL-PR) desde o início dos trabalhos.

A PEC foi rejeitada, lembrou o líder da oposição, deputado Alessandro Molon (PSD-RJ), justamente no dia que Jair Bolsonaro promoveu um desfile de blindados para tentar intimidar o Congresso. Lira disse esperar que o assunto esteja encerrado na Câmara.

“Eu queria agradecer ao plenário desta Casa pelo comportamento democrático de um problema que é tratado por muitos com particularidade e segurança. A democracia do plenário dessa Casa deu uma resposta a esse assunto. E na Câmara eu espero que esse assunto esteja definitivamente enterrado”, afirmou Lira.

Facebook Comentarios

Artigos relacionados