• 20 de outubro de 2021
  • Nova Roma do Sul

Alerta para surto de doença diarreica nas cidades de Garibaldi e Carlos Barbosa

As cidades de Garibaldi e Carlos Barbosa estão inclusas em um recente alerta epidemiológico sobre um surto de doença diarreica que atinge diversas cidades do Rio Grande do Sul.

Segundo o documento, emitido pelo Governo do Estado, o principal suspeito de ser o agente causador dos surtos é o Norovírus. Esse microrganismo gera doenças gastrointestinais como a diarreia e pode ser transmitido de diversas formas.

A contaminação por esse vírus normalmente ocorre através do consumo de água ou alimentos contaminados. Na ocorrência de casos associados ao norovirus, a transmissão também pode ocorrer pelo contato com superfícies contaminadas ou diretamente com pessoas doentes, a partir de secreções corporais. Dentre os sintomas mais comuns estão o aumento do número de evacuações, bem como dor abdominal, náusea, vômito e febre.

A Secretaria Estadual da Saúde emitiu neste documento uma série de cuidados que devem ser tomados para evitar a contração do vírus.

Dentre os cuidados fundamentais estão: somente consumir água de fontes seguras (potável), tratadas, que tenham processo de desinfecção por cloro ou outra tecnologia. Além disso, em situações de emergência, recomenda-se fervê-la antes do consumo e antes do preparo de alimentos por no mínimo 5 minutos.

A higienização das superfícies, equipamentos e utensílios utilizados no preparo e consumo de alimentos deve ser realizada com água tratada e/ou fervida. O gelo para consumo ou conservação de alimentos deve ser oriundo de água potável e/ou fervida. Higienizar as mãos de forma adequada, lavando-as com água e sabão, principalmente após a utilização de banheiro, troca de fraldas, antes de preparar e manipular alimentos e antes das refeições.

Afastar as pessoas doentes das atividades de manipulação de alimentos e reforçar a higiene pessoal mesmo após o desaparecimento dos sintomas. Realizar a limpeza da caixa d’água uma vez ao ano ou sempre que necessário.

Facebook Comentarios

Artigos relacionados